Do it Yourself!! Review


Do it Yourself é uma experiência divertida e adorável. Assim como I'm the Villainess, So I'm Taming the Final Boss, o anime fez parte da ótima safra de estreias no outono de 2022. Mas enquanto existem os animes intensos e cheios de tramas mirabolantes, a produção do estúdio PINE JAM vai na total contramão disso.

Como um clássico slice of life, Do it Yourself segue a fórmula de garotas fofas fazendo coisas fofas. O anime se passa numa realidade onde aconteceu a Quarta Revolução Industrial, e a tecnologia de ponta se desenvolveu rapidamente. Com isso as escolas passaram a incorporar alta tecnologia no currículo. Numa dessas escolas se candidata a protagonista Serufu Yua, mas ela é rejeitada.

Serufu então conhece Takumi Hikage e elas se tornam ótimas amigas. Com o tempo as duas conhecem mais algumas garotas e descobrem o clube de DIY - faça-você-mesmo, ou do it yourself. Aí entra uma clássica trama dos slice of life: se o clube não tiver membros suficientes, ele será desfeito. Serufu e Takumi conhecem a líder do clube Rei Yasaku, e com o tempo as outras integrantes vão aparecendo. E o espectador entra em um mundo mágico, de um jeito especial. 


A primeira coisa que chama a atenção em Do it Yourself é o traço, indo na contramão do que é visto por aí na maioria das vezes. O anime aposta numa palheta de cores menos saturada, dando uma atmosfera leve, delicada e aconchegante ao anime. O design de personagens é diferente, e faz lembrar outro trabalho famoso do PINE JAM - Kageki Shojo!!. O estilo da animação de também é bem divertido. Não é nada do outro mundo, mas cumpre bem o seu papel.

A grande estrela de Do it Yourself é, obviamente, o elenco de personagens. Num slice of life não se tem como usar monstros, poderes mágicos, etc. Então é um desafio fazer o anime ser interessante se os personagens não forem interessantes. Shikimori's Not Just a Cutie é um bom exemplo do elenco que não se deve fazer. (Exceto a Hachimitsu, claro) 

Os personagens de Do it Yourself são normais, mas cativantes. As meninas do clube de DIY seguem o padrão desses animes: são diferentes umas das outras, mas aprendem a conviver e se divertir apesar das diferenças. É realmente a definição de wholesome.

A abertura do anime. Como não amar?

Para quem estiver procurando um anime tranquilo, divertido e caloroso, Do it Yourself é uma excelente opção. O trabalho do PINE JAM não aposta em tramas elaboradas, ao contrário: o seu charme está na simplicidade cativante, ideal para a história e o visual do anime.

Apesar de não propor um debate muito profundo, é possível fazer uma ótima reflexão assistindo Do it Yourself: o quanto a tecnologia faz parte da nossa vida. Do it Yourself mostra que a tecnologia não é ruim, mas se não for usada com cuidado, ela pode tirar o prazer simples de fazer as coisas a moda antiga.


Vale quantos cafés: ☕☕☕ (4 de 5)

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Adorei o Review. Estava procurando algo pra assistir e acho que vou dar uma chance para o DIY. :)

    ResponderExcluir