Born of Bread ganha data de lançamento para PC e consoles

A WildArts e a Dear Villagers anunciaram a data de lançamento de Born of Bread. Chegando para PC e consoles, Born of Bread é um RPG de aventura com pegada clássica onde os jogadores comandam Loaf, um golem nascido no pão que se torna um herói improvável.


Caros aldeões! A desenvolvedora independente WildArts, em colaboração com a Dear Villagers, tem o prazer de anunciar que seu RPG de aventura, Born of Bread (Steam), estará pronto para ser degustado em 5 de dezembro, quando for lançado nas plataformas PC, Switch, PlayStation 5 e Xbox Series.

Para comemorar esse anúncio, a WildArts lançou um novo trailer mostrando mais personagens peculiares, mundos selvagens, batalhas estratégicas e todos os tipos de travessuras quando Born of Bread for lançado em 5 de dezembro.

Aqui está o trailer anunciando a data de lançamento de Born of Bread:


Born of Bread é um jogo de aventura de RPG caseiro, baseado em turnos que lembra os RPGs clássicos em estilo de desenho animado, com personagens divertidos e histórias encantadoras para crianças e adultos. Seres de outra era estão causando estragos em toda a terra e suas travessuras representam uma grande ameaça para todos. O herói improvável, Loaf, um golem nascido no pão e com um entusiasmo infantil sem limites, se encontra com seus novos amigos em meio de uma situação trágica que está sendo preparada há milhares de anos.

Explore um mundo maravilhoso e cheio de mistérios, desde as ruínas enigmáticas da Forest of Roots até as paisagens geladas de Frosty Flats. Com a ajuda de seus amigos, enfrente inimigos malignos e ameaçadores e participe de combates híbridos em tempo real, divertidos e malucos, baseados em turnos.

"Estamos empolgados em servir ao público uma porção farta de Born of Bread, bem a tempo para as festas de fim de ano, pois é um jogo de aventura saudável, preparado com carinho e perfeito para toda a família", disse Nicolas Lamarche, designer-chefe e programador da WildArts. "Born of Bread é inspirado nos RPGs em estilo de história em quadrinhos que foram clássicos da nossa infância e continuaram a fazer parte de nós nas décadas seguintes. Felizmente, o gênero permaneceu atemporal e acreditamos que fãs de todas as idades serão nutridos pela jornada de Loaf." "Born of Bread é genuinamente divertido, cativante, tem uma forte identidade visual e, o melhor de tudo, é divertido de jogar!", disse Guillaume Jamet, diretor de publicação da Dear Villagers. "É realmente uma delícia para todas as idades, e mal podemos esperar para que os jogadores finalmente tenham o jogo em suas mesas e prontos para degustá-lo em dezembro!".


Para assar corretamente Born of Bread, você precisará dos seguintes ingredientes:
  • Um golem de farinha com a imaginação sem limites de uma criança e um conjunto estranho de habilidades.
  • Um conjunto de habilidades estranhas.
  • Um mundo maravilhoso cheio de mistérios
  • Um elenco eclético de personagens de carne e osso
  • Uma história maluca
  • Uma pitada de quebra-cabeças simples
  • Batalhas por turnos com uma pitada de minijogos em tempo real.
  • Gráficos 2.5D brilhantes e coloridos
  • Missões secundárias (à sua escolha)
  • Um público cativo que lhe concede bônus em batalha.

Para começar, você vai precisar do seu golem de farinha, Loaf. Coloque-o em uma terra mística onde ele possa se misturar com seus amigos e com os habitantes locais. Embora não pareça, Loaf pode ser o herói que essa terra precisa.

Incorpore uma história de seres de outra era que estão causando estragos por toda a terra e, com suas travessuras, invocam uma grande ameaça para todos!

Crie um elenco eclético de personagens cativantes, um cenário ilustrado em 2.5D, quebra-cabeças ambientais e batalhas híbridas exclusivas baseadas em turnos e em tempo real. Certifique-se de saber quais são os pontos fracos ou resistentes de seu inimigo, pois será preciso inteligência e reflexos para frustrar a infinidade de inimigos de Born of Bread.

Vai ficar uma delícia! Basta deixá-lo no forno até 5 de dezembro, e o resultado será uma gostosura:

Postar um comentário

0 Comentários