Hearthstone - Miniconjunto Profundezas de Geodomo | Review


Profundezas do Geodomo é um divertido miniconjunto de Hearthstone lançado em 18 de janeiro que trouxe cards bem interessantes. Os miniconjuntos de Hearthstone são lançados de tempos em tempos e introduzem uma pequena quantidade de cards ao game. Eles combinam temas e mecânicas de expansões anteriores, adicionando um tempero a mais no carteado.

Na história do Profundezas do Geodomo a Companhia de Mineração Rochassang abriu um portal para o Geodomo no plano elemental. Como resultado, Hearthstone recebeu 38 cards novos, sendo 4 lendários, 1 épico, 17 raros, e 16 comuns. Para adquirir o miniconjunto os jogadores tem duas opções: a edição regular que custa R$ 67.49, ou a edição dourada, que inclui um card diamante lendário e sai por R$ 314.99.

Uma das cartas classe dupla, que vale para decks de Druida e Bruxo

O miniconjunto Profundezas do Geodomo é especialmente divertido por ter cards de classe dupla. Por causa disso eles encaixam em decks de duas classes diferentes ao mesmo tempo, dando aos jogadores de Hearthstone opções extras de estratégia. Foi o que eu mais gostei desse miniconjunto, pois adoro personagens multi classe/função em todo game, principalmente os competitivos. 

Outro destaque é o Brann, Minerador das Profundezas, um card bem forte graças ao seu grito de guerra. Digo pela experiência de ter usado um deck com o Brann, que ele me salvou a pele. Quem também merece menção honrosa é Therazane, um card raro que não é barato, mas deixa uma presença marcante na partida mesmo depois de derrotada.

Essa card é bom pra colocar "escudos de carne" e aliviar o impacto do dano, ou causar um dano modesto, mas que ajuda a criar uma pequena vantagem

Existem jogadores que gostam de cards nucleares, de jogar e fazer boom na partida. Eu prefiro os cards de baixo custo, que causam dano aos poucos e mitigam os recursos e HP do adversário. Ou reforçar pra o seu jogo gradualmente. É o caso do card Acidente de Mineração, que custa apenas dois de mana, e é uma boa opção pro início de jogo.

Imagine testar um miniconjunto novo e jogar Hearthstone pela primeira vez? Foi a loucura que me aconteceu. Ambos estão aprovados, entretanto. Mesmo conhecendo Hearthstone foi um tiroteio lidar com tanta informação nova. Mas com um pouco de insistência, pesquisa, leitura, deu pra sacar o básico e aproveitar o game legal. E ainda teve o incentivo de ser um miniconjinto forte, que criou uma série de decks para os jogadores de Hearthstone explorarem.

Vale quantos cafés: ☕☕☕ (4 de 5)

Postar um comentário

0 Comentários