Tales of the Walking Dead está abrindo caminho para um novo vilão?


Tales of the Walking Dead estreou no último domingo (14), e diferente das outras séries da franquia, ela adota um formato de histórias independentes. A primeira é focada em Joe (Terry Crews), que finalmente deixa o seu bunker e conhece Eve (Olivia Munn).

Os dois personagens viajam de moto para Michigan, onde Joe procura sua namorada virtual pré-surto cujo nome de usuário era USHLDBSCRD. Este nome se mostra mais apropriado do que Joe esperava, pois a moça é, na verdade, uma assassina em série.


Uma viagem e um mistério

Embora seja uma história independente, a viagem de Joe e Eve deixa um mistério no ar. Enquanto eles acampam numa noite, um grupo de walkers ataca. A dupla não tem trabalho para lutar com os mortos-vivos, mas Tales dá atenção especial ao torso de um dos zumbis, mostrando que o coração foi arrancado.

Joe também percebe isso, parecendo intrigado com o buraco no peito do zumbi. Mais tarde, ele cita essa estranheza para Eve ("alguém tirou seu coração!"), mas o mistério não é elaborado.

Será que é algo relevante?

Talvez o zumbi sem coração possa ter sido incluído apenas por um gore extra, mas a ênfase sugere uma importância maior desse detalhe. 

Algum vilão de The Walking Dead está removendo corações de vítimas vivas ou zumbis depois que eles já se transformaram. O episódio 1 de Tales of the Walking Dead nunca revela quem é o responsável, e o universo TWD não tem uma resposta óbvia.

USHLDBSCRD mora muito longe e, embora esteja interessada em roubar os relógios das vítimas, nada sugere que ela esteja roubando corações. O culpado ainda está por aí, esperando que The Walking Dead conte sua história.

[Hmmm intensifies]

Se o zumbi sem coração do episódio 1 de Tales of the Walking Dead será a ponte para uma história futura, chances de resolver esse mistério não faltam. Embora o spinoff seja uma antologia, episódios futuros podem ocorrer durante o mesmo período da fronteira Ohio/Michigan. Resta aguardar e ver o que acontece (ou não).


Postar um comentário

0 Comentários